Piadas

Choque Desigual

Um motociclista passava com sua Kawassaki a 130 km/h por uma estrada deserta, quando inesperadamente deu de cara com um passarinho. Ele tentou, mas não conseguiu esquivar-se e os dois se chocaram. Pelo retrovisor, ele viu o coitado do bicho dando piruetas no asfalto até ficar estendido, se contorcendo. Não podendo conter o remorso, ele parou a moto e voltou para socorrer o bichinho, que estava inconsciente, quase morto.
Angustiado, o motociclista recolheu a pequena ave, comprou uma gaiolinha e a levou para casa, tendo o cuidado de deixar um pouquinho de pão e água para o pobre acidentado. No dia seguinte, o passarinho recupera a consciência e ao despertar, vendo-se cercado pelas grades da gaiola, com o pedacinho de pão e a vasilha de água no canto, o bicho põe a mão, ou melhor, a asa na cabeça e diz: – Puta que pariu, matei o motoqueiro e fui preso!

O Velhinho e os três Motoqueiros

Um velhinho está comendo no balcão de um restaurante de estrada quando entram três motoqueiros do Anjos do Inferno (aqueles caras que vestem roupas de couro pretas cheias de cromados e que gostam de mostrar sua força quando estão em bandos). O primeiro vai até o velhinho e apaga seu cigarro em cima do bife dele, e vai sentar na outra ponta do balcão. O segundo vai até o velhinho e cospe no copo dele, e também vai sentar na outra ponta do balcão. E o terceiro vira o prato do velhinho, e vai sentar na outra ponta do balcão. Sem uma palavra de protesto, o velhinho levanta e vai embora. Depois de um tempo, um dos motoqueiros diz ao garçom:
– Esse sujeito não é um homem!
O garçom responde:
– Nem é um motorista também. Acabou de passar com o caminhão em cima de três motos.

De Português

O motoqueiro (esse era motoqueiro mesmo) está a 200 por hora na estrada quando estoura o zíper da sua jaqueta. Para evitar o frio no
peito, ele resolve vesti-la ao contrário.
Após 2 quilômetros a moto derrapa e ele voa para o meio do mato.
Logo após vem um carro com dois portugueses, que vão socorrer o coitado.
Em seguida chega a polícia, que pergunta aos portugueses:
– Ele morreu na hora?
– Não, morreu agora há pouco, quando tentávamos virar o pescoço dele para o lado certo!

 

O Machão

Um certo rapaz está no portão do céu, esperando para ser admitido, enquanto São Pedro folheia o livro sagrado, checando toda a vida dele para ver se ele e um garoto de valor. Depois de um bom tempo, São Pedro olha severamente para ele e diz:
– “Não vejo nada que seja realmente ruim em sua vida, mas também não há nada que seja realmente bom. Se você me provar que fez algo REALMENTE bom, você está dentro.” O garoto pensou por alguns instantes e disse: – “Ahhh, teve uma vez que eu estava indo pela estrada quando vi uma gang gigante de motoqueiros mexendo com uma garotinha indefesa. Diminui a velocidade para ter certeza do que estava acontecendo. Vi uns 50 deles tentando tirar as roupas da mocinha. Parei meu carro peguei um bastão de baseball e fui em direção ao líder da gang, um cara com uma jaqueta de couro com uma estampa de tigre. Ele tinha uma corrente amarrada da orelha esquerda até o nariz. Enquanto me aproximava dele, os membros da gang foram fazendo uma roda em volta de mim. Arranquei a correntinha da cara dele e dei-lhe uma pancada com meu bastão. O cara foi para o chão com um só golpe. Depois disso eu virei para todos eles e disse:
– “Deixem esta garota em paz. Vocês não passam de um bando de otários!
Voltem para suas casas antes que eu perca a paciência e acabe com suas raças, seus animais!”
São Pedro, realmente impressionado perguntou: “E quando isso aconteceu?”
– “Ah, faz uns dois minutos …”

A Ferrari e a Suzuki

O japonês numa moto suzuki aproxima de uma ferrari de um italiano e pergunta, sabe o que é suzuki? o italiano fica bravo e acelera fundo o japonês aproxima novamente e pergunta sabe o que é suzuki? e outra vez o italiano pisa fundo e pela terceira vez o japonês se aproxima e pergunta sabe o que é suzuki? novamente o italiano pisa fundo e quando o italiano olha pelo retrovisor vê o japonês tombar com a sua moto, o italiano foi ver o que aconteceu e o japonês mesmo acidentado perguntou sabe o que é suzuki? o italiano com uma voz grossa responde sei e daí? o japonês fala, queria saber onde é o freio!

 

Nova versão da música do Alexandre Pires do SPC
(MINEIRINHO)

Eu não tenho culpa,
De matar neguinho
No meu caminho,
Não pode ficar
Cuido do meu carro com muito carinho,
Sou de correr, e de atropelar
Quer saber,
Se eu acelerar
Vai fazer,
Você amarelar
Por favor,
Sai da minha frente
Sou mulatinho e boto pra quebrar
É tão ligeiro, uai, é bom demais
Não tem como desviar
O motoqueiro, uai, mineiro, uai
Tava muito devagar
Ai, Ai,
Não tem como desviar
Ai, Ai,
Tava muito devagar.

Lugares que as pulgas gostam

Era uma vez duas pulgas que conversavam em um bar. Elas estavam falando sobre bons lugares onde se pode morar. Uma delas disse que tinha encontrado um cachorro muito peludo daqueles de raça nobre e já morava nele à algum tempo, a outra tinha achado um gato de rua mas ele era tão peludo que dava pra viver bem. Enquanto elas filosofavam sobre moradia de pulgas chega no bar uma pulgona velha e com muito frio. Amiiiigas eu tava morando num lugar ótimo, super quentinho e úmido mas um belo dia eu dormi demais, não sei o que aconteceu que eu fui para no bigode de um motoqueiro… cruzes que horror.

 

Português de pijama

Por que o português usa pijama para andar de moto?… Para deitar nas curvas.

O caipira e a motocicleta

Fascinado por motos, o sujeito acaba de comprar uma Harley. Louco para testar o seu possante motor, pega uma estrada e logo está a quase 200 km por hora. Neste instante, olha pelo retrovisor e vê um caipira numa bicicleta, a poucos metros de sua traseira. Espantado, ele afunda o pé no acelerador e vê o caipira ali, colado. Momentos depois, boquiaberto, ele vê o sujeito na bicicleta ultrapassá-lo feito uma bala. Pisa no acelerador novamente, ultrapassa o ciclista, mas logo em seguida, este toma a dianteira. Irritado, encosta no acostamento para conversar com o caipira:

-Cara, o que é que você fez nessa bicicleta, ela anda muito !!!

-Fiz nada não seu moço, é que meu suspensório ficou preso na moto!!!

 

Mulher chata

O cara ia a toda na sua motocicleta incrementada quando um guarda rodoviário faz sinal e pede para ele parar:
– Acabo de receber um chamado pelo rádio – começa o guarda. – A sua senhora caiu na estrada a uns dez quilômetros daqui!
– Mas, que boa notícia, seu guarda! Eu já estava achando que tinha ficado surdo!

Vaselina

Um cara adorava motos Harley Davidson. Juntou dinheiro durante um tempo e foi até a revendedora. Chegando, o vendedor lhe disse:
– Temos a última, que não foi vendida ainda porque tem um pequeno defeito de fábrica. Não passou pelo ultimo estágio de secagem da tinta e, portanto não pode molhar senão mancha a pintura.
– Não tem solução ? – perguntou o nosso amigo.
– Tem – disse o vendedor – Quando o tempo estiver para chover, passe vaselina na moto que preserva a pintura, sem problemas. Sem pensar duas vezes, comprou a moto, passou na farmácia, comprou a vaselina e guardou no bolso. À noite, sua namorada convidou-o para jantar em casa. Ele chegou, deixou a moto na rua e foi entrando. A namorada foi avisando:
– Querido, depois do jantar não fale nada, não abra a boca, porque a norma aqui em casa e a seguinte: o primeiro que falar qualquer coisa tem que lavar a louça.
– Tudo bem – disse ele.
Após o jantar, todos quietos. Começou a relampejar. Nosso amigo pensou:
– E agora ? A moto lá fora e eu não posso falar nada…
Teve uma idéia. Agarrou a namorada e tascou aquele beijo de língua, na frente dos pais, na esperança que alguém protestasse. Ninguém falou nada. E da-lhe relâmpago. Agarrou a moça de novo, deitou-a na mesa e comeu a menina ali mesmo. Ninguém falou nada. Ia começar a chover a qualquer momento. Não teve dúvida, agarrou a sogra e comeu a velha também. Nada, ninguém falou absolutamente nada. Quando ouviu o primeiro pingo de chuva lá fora, levantou rapidamente, tirou a vaselina do bolso e… foi quando o sogro assustado, disse:
– Pode parar por aí que eu lavo a louça.

 

Nome do Filme

Em uma cidade havia muitas motos Yamaha e pouca Honda. Qual o nome do filme?
Resposta: “PocaHondas”

10 razões pelas quais os donos de Harley-Davidson não cumprimentam outros motociclistas enquanto estão andando:

1. Têm medo que a moto perca a garantia de fábrica
2. O couro e as franjas são muito pesadas pra conseguir levantar a mão
3. Se recusam a cumprimentar qualquer um que já esteja com a moto paga
4. Não tiram a mão do guidão devido à vibração
5. O vento na mão pode descorar as tatuagens mais novas
6. Estão pensativos, pois já hipotecaram a casa pela segunda vez para pagar a nova Harley
7. Estão ocupados sonhando em ter uma motocicleta de verdade
8. O motor é muito fraco prá conseguir empurrar a moto, ainda mais com a mão fazendo resistência ao vento.
9. Tá brincando? Acha que vão arriscar a vida tentando controlar uma Harley com uma mão só?
10. Quando cumprimentamos eles pensam que estamos tentando avisá-los das peças que vão caindo pelo chão enquanto andam, e eles estão cansados disto.

Outra piada sobre Harley-Davidson
. Qual a diferença entre uma Harley e um cachorro?
O cachorro sabe subir sozinho na pick-up.
. Por que os donos de Harley-Davidson cromam a maioria das peças da moto?
Prá ficar mais fácil de acha-las quando caem pelo caminho.

A Boa Resposta

Um mecânico está desmontando o cabeçote de uma moto, quando ele vê na oficina um cirurgião cardiologista muito conhecido. Ele está olhando o mecânico trabalhar. O mecânico pára e pergunta:
– Hei, doutor, posso lhe fazer uma pergunta?
O cirurgião, um tanto surpreso, concorda e vai até a moto na qual o mecânico está trabalhando. O mecânico se levanta e começa:
– Doutor, olhe este motor. Eu abro seu coração, tiro válvulas, conserto-as, ponho-as de volta e fecho novamente, e, quando eu terminei, ele volta a trabalhar como se fosse novo. Como é então que eu ganho tão pouco e o senhor tanto, quando nosso trabalho é praticamente o mesmo?
O cirurgião dá um sorriso, se inclina e fala baixinho ao mecânico:
– Tente fazer isso com o motor funcionando!

Pensamento

Motoqueiro é que nem pinto:
Tem cabeça e não pensa, só vai e vem o dia todo. Quer passar onde não
cabe, às vezes acaba se esfolando e de quebra ainda fode os outros.
Geralmente anda duro e sujo.